E-SIC (Serviço Eletrônico de Informação ao Cidadão)

A Cidade - Notícias

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2017

PREFEITURA DE GUAXUPÉ ASSINA CONVÊNIO E COM AMPARO LEGAL FARÁ PARCERIAS COM EMPRESAS PARA INSERIR JOVENS NO MERCADO DE TRABALHO

PREFEITURA DE GUAXUPÉ ASSINA CONVÊNIO E COM AMPARO LEGAL FARÁ PARCERIAS COM EMPRESAS PARA INSERIR JOVENS NO MERCADO DE TRABALHO
 
O prefeito Jarbinhas, da cidade de Guaxupé, assinou na tarde de quarta-feira (15) um convênio com a ONG Rede Cidadã. A partir de agora a Prefeitura terá e dará todo o suporte para preparar e inserir o jovem de 14 a 24 anos no mercado de trabalho. A Prefeitura de Guaxupé é a terceira no Estado de Minas Gerais a assinar esse convênio.
 
A partir de agora as empresas de Guaxupé terão o respaldo legal, através da Lei 10.097/2000, conhecida como a “Lei da Aprendizagem” para dar a oportunidade de emprego na condição de aprendiz aos jovens. Além do emprego, serão oferecidos os mais diversos cursos profissionalizantes e totalmente gratuitos. Tudo isso está sendo possível depois que a Prefeitura assinou um convênio com a ONG Rede Cidadã.
 
“Embora exista a obrigatoriedade de contratação para as empresas de médio e grande porte, a cota obrigatória de aprendizes está fixada em 5%, e 15% calculada sobre o total de empregados cujas funções demandem formação técnica profissional. A partir de agora, com a Rede Cidadã, iremos preparar estes jovens e levá-los às empresas existentes no município e que possuem condições de atender esta cota”, explicou Claudinei Vitor, secretário municipal de Desenvolvimento Social.
 
Para fazer parte do programa, de segunda à quinta-feira os jovens cumprirão uma jornada de 04 horas de trabalho nas empresas e na sexta-feira vão pra dentro da sala de aula para a qualificação profissional. No final do mês recebem sua remuneração.
 
“O programa permitirá que consigamos acompanhar não somente o jovem aprendiz, mas a parceria prevê, inclusive, que façamos o acompanhamento da família pela rede sócioassistencial – Rede de Proteção”, explicou o secretário.
 
De acordo com Christiane Loureiro, representante da Rede Cidadã, o programa prevê o compromisso com a empregabilidade: “Ao término do Programa de Aprendizagem Profissional Rede Cidadã, os jovens podem ser efetivados como profissionais da empresa que os formou. Isso geralmente acontece. Caso não seja efetivado, temos o compromisso de encaminhá-los para novas oportunidades no mercado de trabalho com as empresas parceiras do projeto”, explicou.
 
Segundo o prefeito Jarbinhas, dar oportunidade a estes jovens, é restaurar o valor da vida e do trabalho: “Embora enfrentamos uma crise econômica, mais do que nunca é hora de darmos oportunidades, especialmente a estes jovens que buscam o primeiro emprego e consequentemente uma qualificação profissional. O trabalho dignifica o homem! Poder, com autorização de lei, dar oportunidade a um adolescente de 14 anos é justo. Eles terão uma carga horária para cumprir dentro de uma empresa, bem como terão que frenquentar a escola de ensino formal, do ensino médio à faculdade, e ainda, uma vez na semana se qualificarem nos cursos que serão oferecidos. Se prestarmos atenção, o jovem que é inserido na Rede Cidadã, ele não tem tempo ocioso. Estará sempre ocupado e isso o deixará mais responsável, qualificado e longe da criminalidade”, finalizou.