E-SIC (Serviço Eletrônico de Informação ao Cidadão)

A Cidade - Notícias

terça-feira, 7 de novembro de 2017

PREFEITURA APRESENTA OBRAS DE CONTENÇÃO DE ENCHENTES REALIZADAS EM GUAXUPÉ

PREFEITURA APRESENTA OBRAS DE CONTENÇÃO DE ENCHENTES REALIZADAS EM GUAXUPÉ

Todos os pontos foram visitados pela equipe de Governo e vereadores
 
Membros da equipe do Governo Municipal reuniram-se na manhã desta terça-feira (07) com os vereadores de Guaxupé. O encontro teve início no gabinete do prefeito, onde foram apresentados os projetos e toda legislação ambiental referente à limpeza de margens e calhas dos rios. Em seguida, os vereadores, acompanhados dos membros do Executivo, conheceram in loco todo o trabalho que vem sendo desenvolvido desde o primeiro semestre deste ano.
 
Conduzidos por Artur Gonçalves Filho, secretário de Governo e Planejamento, os vereadores percorreram vários trechos do Rio Guaxupé e Córrego dos Machados: “A limpeza e manutenção destes rios fazem parte de um projeto que a Secretaria de Obras elaborou para que enchentes possam ser evitadas em nossa cidade, principalmente em áreas reincidentes como Vila Campanha, Polenghi, Vila Conceição e Vila Progresso. Iniciamos em março deste ano e estamos na fase final de conclusão. Em cada trecho fizemos uma obra diferente. Tem pontos em que foram criados drenos, outros simplesmente desassoreado, alguns com árvores caídas e vegetação que impediam o curso natural da água e assim por diante”, explicou o secretário.
 
Todo o projeto foi executado pela própria Prefeitura, o que evitou altos investimentos: “Nossa equipe reuniu e cada pessoa teve sua participação técnica. Tivemos o envolvimento da Secretaria Municipal de Obras com a equipe de engenharia, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente e o gabinete do prefeito. Buscamos fazer o melhor, economizando e respeitando o dinheiro público”, disse Artur durante a visita nas margens do rio no bairro Vila Progresso.
 
O que chamou a atenção durante a presença nas margens dos rios foi a grande quantidade de areia e pedras. De acordo com Rafaela Soares, diretora de Meio Ambiente da Prefeitura, isso se deve ao depósito irregular de materiais de construção em vias públicas: “Aqui na região da Polenghi esta situação é mais crítica. Toda vez que foi realizado o desassoreamento do rio, foram retirados centenas de caminhões  e toneladas de restos de materiais como pedra brita e areia que são utilizadas em construções civis. Isso, com as chuvas, é arrastado para dentro dos bueiros e vem parar aqui na calha do rio, o que a deixa rasa e contribui para o transbordamento da água. Por isso é importante o armazenamento correto desses materiais nas construções civis”.
 
“Desde quando trabalhei no Obras em 2013, no início da gestão do prefeito Jarbinhas, é constante o apelo para que a população se conscientize e não deixe esses materiais em calçadas e ruas. Os prejuízos quando vem a chuva são enormes e quem acaba pagando por isso é a própria população.”, disse a vereadora Maria José Cyrino.
 
Já o vereador Ari Cardoso destacou a importância de respeitar a legislação: “Aqui na Vila Campanha quando eu era adolescente, me lembro de muito verde e as hortas que existiam. Desordenadamente vieram as construções civis. Mas hoje temos leis ambientais a serem seguidas e não podemos deixar que as pessoas construam nas margens dos rios sem as devidas autorizações. Isso traz consequências lamentáveis ao povo. Por isso estamos aqui, visitando e conhecendo ponto a ponto”, falou.
 
Os trabalhos de limpeza e restauração das margens do Rio Guaxupé e Córrego dos Machados ainda seguirão pelos próximos meses.
 

Galeria de fotos 2 foto(s)