E-SIC (Serviço Eletrônico de Informação ao Cidadão)

A Cidade - Notícias

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

PREFEITURA REALIZA MELHORIAS NO TRÂNSITO DO TABOÃO E PRAÇA 1º DE JUNHO

PREFEITURA REALIZA MELHORIAS NO TRÂNSITO DO TABOÃO E PRAÇA 1º DE JUNHO

Ruas passam por intervenção na sinalização
 
Desde o início da semana a Prefeitura de Guaxupé tem trabalhado na melhoria do trânsito do bairro Taboão, especialmente na Praça 1º de Junho, Rua Dr. Jeremias Zerbini e Avenida Paulo Ribeiro do Valle. Conhecida por receber um grande fluxo de veículos, nesta primeira fase as vias tiveram nova marcação no piso, instalação de placas de sinalização e a construção de 04 redutores de velocidade em área permitida pelo Código Brasileiro de Trânsito. A segunda fase contemplará a obra na ponte do Taboão, que está com seus projetos técnicos em andamento.
 
De acordo com Éliton Israel Pereira, secretário de Obras e engenheiro de trânsito em Guaxupé, a intervenção no bairro se faz necessária uma vez que ali se tem vias importantes de acesso à cidade: “O bairro Taboão é uma porta de entrada e saída de Guaxupé e com um fluxo considerável de veículos. Portanto, estamos trabalhando a mobilidade urbana nesta área. Estamos dividindo as ações em etapas. Essa primeira contempla a instalação de placas, redutores de velocidade e sinalização horizontal. Depois teremos a obra da Ponte de Taboão. A Prefeitura já fez a licitação de empresa especializada nos diversos projetos exigidos pelos órgãos competentes e depois passaremos para a obra, efetivamente falando”, disse.
 
Quanto aos redutores de velocidade instalados na Avenida Paulo Ribeiro do Valle, o secretário de Obras explicou a necessidade de serem instalados: “Nem todas as ruas de Guaxupé comportam redutores de velocidade. No passado, haviam por vários pontos da cidade os chamados “quebra molas” e isso ficou comprovado que não dava certo, pois, trazia prejuízos aos imóveis que acabavam trincando pelos impactos dos veículos com o obstáculo. Hoje, isso é permitido somente em ruas que não possuem imóveis construídos. Caso contrário, é preciso a conscientização do motorista em respeitar a sinalização para aquela via e não passar da velocidade indicada”, explicou Éliton.