E-SIC (Serviço Eletrônico de Informação ao Cidadão)

A Cidade - Notícias

sexta-feira, 9 de fevereiro de 2018

FEBRE AMARELA: PREFEITURA INTENSIFICA VACINAÇÃO NESTA SEXTA E SÁBADO EM GUAXUPÉ

FEBRE AMARELA: PREFEITURA INTENSIFICA VACINAÇÃO NESTA SEXTA E SÁBADO EM GUAXUPÉ

 
A Prefeitura de Guaxupé está orientando os foliões, principalmente aqueles que irão viajar durante o período de carnaval, que se vacinem contra a febre amarela. Para isso, equipes estão prontas nas Unidades de Saúde da Criança (somente crianças), Vila Carloni, Vila Campanha, Saúde da Mulher, PSF Parque dos Municípios II de Saúde nesta sexta-feira (09/02) das 08 às 16 horas para receber a população que busca pela dose da vacina. Para o sábado de carnaval, estará aberta das 08 às 16 horas a Unidade de Saúde da Criança também com a vacinação gratuita para crianças e adultos.
 
 
De acordo com Daniela Salgado, diretora da Vigilância em Saúde da Prefeitura, é importante as pessoas se vacinarem, principalmente aquelas que irão pegar estrada para outras cidades: “Neste período nossa cidade recebe visitantes de muitas regiões do País e isso traz um alerta para que estejamos prontos e imunes contra a febre amarela. Mais do que isso, é preciso atenção redobrada daquelas pessoas que estão saindo de Guaxupé e indo para outras cidades. Por isso, estaremos atendendo nas Unidades de Saúde nesta sexta-feira e no sábado faremos um plantão na Unidade de Saúde da Criança para receber qualquer pessoa que busca pela vacina”, explicou.
 
 
Confira as orientações sobre a vacinação contra a Febre Amarela
 
Quem não pode tomar a vacina de Febre Amarela:
- Pessoas com alergia ao ovo;
- Mulheres em qualquer fase da gestação;
- Mulheres amamentando bebês abaixo de 9 meses;
- Pacientes em tratamento de radioterapia / quimioterapia;
- Pacientes que fazem tratamento com corticoides;
- Pacientes submetidos a tratamentos com imunossupressores;
- Pacientes portadores de doenças autoimunes;
- Bebês com idade abaixo de 9 meses;
- Pacientes que já tomaram a vacina anteriormente;
- Pacientes portadores de doenças hepáticas, hematológicas, renais e neoplásicas;
- Pacientes portadores de HIV/AIDS (somente com avaliação médica)
 
Segundo a diretora da Vigilância para todas as observações acima descritas, é necessária a orientação e avaliação do vacinador. Além disso, é importante que as pessoas levem o cartão de vacinação.
 
Para maiores informações, basta entrar em contato com a Vigilância em Saúde pelo telefone 3551-2719.